Escutec: Hernando Macedo lidera corrida eleitoral pela Prefeitura de Dom Pedro.

 

Hernando Macedo, lidera com folga em Dom Pedro

O ex-prefeito da cidade de Dom Pedro, Hernando Macedo (PCdoB), lidera a pesquisa de intenções de votos do Instituto Escutec, para a eleição de 2020 do município. Em todos os cenários pesquisados (espontânea e estimulados), Hernando Macedo aparece mais que o dobro dos outros pré-candidatos a prefeito (Galego Mota, Léo Paz…).

Cenários

No primeiro cenário espontânea, Hernando Macedo aparece com 42% das intenções de votos, contra 19% de Galego Mota (Solidariedade) e 4% de Léo Paz (PSL). Os demais citados: Ribamar Filho aparece 2%, Luciano Rezende com 1% e o atual prefeito que não deve concorrer à reeleição com apenas 1%.

No segundo cenário da pesquisa estimulada Hernando Macedo dispara com 55% da preferência do eleitorado; Galego Mota aparece com 23% e Léo Paz com  12%. 7% afirmou que não votaria em nenhum dos candidatos propostos e 3% não souberam responder.

No confronto direto entre Hernando Macedo (67%) e Léo Paz (25%), o ex-prefeito também vence com larga vantagem neste cenário estimulado.

Já no cenário estimulado entre Hernando Macedo e Galego Mota, o ex-prefeito aparece com 58% e Galego Mota com 25%.

Alexandre Costa tem aspectos da administração reprovados

A pesquisa do Instituto Escutec avaliou também, junto ao eleitorado, a administração do prefeito Alexandre Costa.

Apenas 15% aprovam o governo do atual prefeito de Dom Pedro;

84% dos 400 eleitores pesquisados desaprovam o governo do prefeito Alexandre Costa.

Não sabem ou não responderam, apenas 1%.

Alexandre Costa foi eleito prefeito em 2016 e por conta da alta rejeição de seu governo optou por não concorrer a reeleição em 2020.

Dados da Pesquisa 

O Instituto Escutec realizou a Pesquisa nos dias 12 a 14 de junho de 2020; ouviu 400 eleitores acima de 16 anos. A Pesquisa foi realizada em vários bairros da cidade e nos povoados Pedro 1, Triângulo e Santa Vitória. A pesquisa foi registrada no TSE com o número   MA-04995/2020.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*