Com discurso marcante, André Portela rebate críticas de opositores na convenção que oficializou sua candidatura.

No último domingo, dia 13, aconteceu a convenção municipal do PCdoB que homologou as candidaturas do Prefeito André Portela à reeleição e de Preta do Arnaldo, como candidata a vice da chapa. Estiveram presentes a deputada estadual Ana do Gás; o ex-prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio; o atual prefeito de Santo Antônio Bigu de Oliveira; o ex-prefeito Mousinho e muitas outras lideranças.

O evento foi realizado na Unidade Escolar Inocência Simões, no Centro, e reuniu milhares de eleitores, muitos deles tiveram que acompanhar o evento ao longo da avenida num telão. A mesma escola que sediou essa importante convenção faz parte da longa trajetória política de André Portela. Em anos anteriores, ela serviu para sediar sua convenção para o cargo de vereador e, posteriormente, foi palco do lançamento do seu nome para prefeito na época da sua primeira eleição.

O encontro deixou claro que o nome de André Portela estourou na cidade, e foi a maior convenção política que já teve em Capinzal do Norte. Carismático, o prefeito André Portela fez um discurso muito forte, ele mesmo admitiu que precisava muito daquele momento para esclarecer questões envolvendo seu nome, principalmente ataques e acusações sérias feito por oposicionistas.

“Na política muitas calúnias acontecem, o pai da candidata do grupo opositor gosta de mentir e difamar as pessoas. Não sou de ofender ninguém porque isso não é meu papel, mas sou de esclarecer. Vou começar com o primeiro tópico, esses dias em vi a candidata a prefeita da oposição dizendo que cheguei numa casa pedindo voto, e que eu supostamente disse para a moradora não votar nela porque é “mãe solteira”. Se tem uma coisa que eu tenho é respeito pelas pessoas, e essas mentiras simplesmente não tem cabimento nenhum”, disse.


“Depois, o pai dela falou que eu sou corrupto. Da vontade de rir para não ficar com raiva… ora, como eu sou corrupto se estou aqui agora lançando minha candidatura, posso votar, posso ser votado, enquanto ele não pode nenhuma dessas coisas? Como é que eu sou o corruto? É fácil comparar quem é o corrupto da história. Ele não vai poder nem votar na candidata dele”, continuou.

Além disso, o gestor relembrou outra crítica feita pelo ex-prefeito, ao dizer que a única coisa que Portela construiu em Capinzal do Norte foi a própria casa. Em resposta, André Portela disse que a acusação leviana de forma alguma procede, uma vez que o ex-gestor além de ter construído uma casa, fez “um condomínio inteiro” com dinheiro público.

“Disseram também que a única coisa que construí foi a minha “mansão”. Vejam, Capinzal teve quatro prefeitos contando comigo, todos fizeram casa, eu fiz a minha porque meu salario é compatível. Agora tem uma diferença, eu fiz uma casa para morar, ele fez um sitio que cabe dez casas minhas com dinheiro público, ele fez um prédio que vale mais de um milhão com dinheiro público, ele fez um conjunto particular com dinheiro público para vender. Eu não gosto desse tipo de fala, mas tenho que falar por conta das mentiras que ele diz. A minha vida é transparente, e não tenho culpa se ele é mal amado, invejoso. Sou amado pela minha família e pela população, e isso que incomoda esse ex-gestor. Quando assumi a prefitura não tinha nada na cidade, a raiva dele é porque ele destruiu e eu construí”, afirmou.

Na ocasião , o prefeito também destacou a forte parceria que possui com a deputada estadual Ana do Gás, e relembrou a longa aliança que possui com ela, revelando que a deputada apoiou seu projeto desde o começo de sua carreira como prefeito. Veja as imagens do encontro:

Fonte: Blog do Carlinhos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*